Sobre

 

Corpos Visíveis: arte e diversidade é uma mostra de multilinguagens artísticas sobre diversidade de gênero e sexual. Em sua primeira edição, trouxe cinema, teatro, fotografia, moda, música, performance, debates e esportes ao Parque Madureira, na zona norte carioca, e à Fundição Progresso, no bairro da Lapa, entre os dias 08 e 10 de junho de 2018. Os temas centrais dos trabalhos foram a diversidade, o combate ao machismo e à LGBTfobia. Durante três dias intensos de atividades gratuitas, a “Corpos Visíveis” promoveu o diálogo público sobre os temas abordados através da convivência com o diverso e a diversão garantida para toda a família. Diversidade, encontro, criação coletiva, acessibilidade, democratização do diálogo, economia colaborativa e arte independente foram os ingredientes desta linda celebração à vida e à resistência. 

 

A mostra conta com seleções nacionais de fotografia e curtas-metragens independentes que integram a programação, utilizando a arte como ferramenta para falar sobre os índices assustadores de violência de gênero e sexual do nosso país, levantando o debate e buscando soluções.

 

Seguimos!

 

SÁBADO 09/06

10h às 13h - DRAMATURGAY / Peter Franco


Workshop Processos da autobiografia e escrita no teatro documental

O autobiográfico, o teatro documental e a construção de nossas próprias narrativas LGBTQI+. A oficina será conduzida a partir das seguintes questões: de que modo as narrativas pessoais podem ser contadas, escritas, faladas e quais são as relações e os motivos do seu silenciamento.

10h às 13h - CORDEL DISSIDENTE - Tertuliana Lustosa

A Oficina parte de uma introdução teórica sobre a história e as origens da literatura de cordel e a produção de um verso de poesia de cordel numa estrutura tradicional e
outra num estilo totalmente livre. A segunda parte do curso é a confecção de
xilogravuras.



DOMINGO 10/06

11h às 12h30 - STILLETO HELL | Marcos Aprigio

Street Jazz com Salto Alto

A oficina potencializa e explora a feminilidade a partir do salto alto.

13h30 às 15h - VÍDEO DANCE | Marcos Aprigio

Street Dance Comercial

A oficina utiliza a linguagem comercial pop para criar um registro audiovisual como
resultado, um clipe artístico elaborado pelos alunos a partir dos passos de dança.

15h às 18h - CÍRCULO DE MULHERES | Manu Shanta


Acolhendo e reconhecendo o Ser feminino que habita em mim. Honrando a minha força mulher.

Círculo de trocas e reconhecimento sobre o feminino e o papel da mulher na história, da ascensão, queda e resgate da força feminina. Empoderamento pessoal e de todas as mulheres formando uma teia de sororidade e acolhimento.

 

Cine Diversidade: gênero e sexualidade no cinema

Sessão Especial

A Cine Diversidade: gênero e sexualidade no cinema é uma mostra de curtas-metragens brasileiros, independentes, realizados com pouco ou nenhum patrocínio, sobre os temas da diversidade de gênero e sexual.

 

Neste ano de 2018, ela estará presente, em sessão especial, na programação da Mostra Corpos Visíveis. Um espaço de debate sobre liberdade, diversidade e igualdade de gênero e sexualidade, com exibição de curtas nacionais, estimulando também a visibilidade da produção do cinema brasileiro de guerrilha.

Ao inscrever seus filmes nesta seleção, os candidatos aceitam as cláusulas e condições presentes em seu regulamento. Autorizam, ainda, a exibição completa ou em parte do(s) filme(s) enviado(s) à mostra.

TAPA: Feira de Moda Afirmativa, Cultura e Arte

A “TAPA: Feira de Cultura e Moda Afirmativa” será um espaço de encontro entre a arte, a cultura, os produtores independentes e o público. A TAPA é uma iniciativa para quem acredita na moda, na criação, na cultura e no empreendedorismo como um modo de afirmar sua identidade e fortalecer as lutas LGBTQIA e feministas. Com 12 expositores diversos, DJs, Slam das Minas, Karaokê das Bixas PRETAS, Mulheres de Buço e desfile performático a “TAPA” irá ocupar, durante a Corpos Visíveis, o conhecido espaço das feiras no Parque Madureira.

A “TAPA” será um “tapa” de alerta sobre o respeito às diversidades e suas formas de expressão. O evento está pautado na empatia como forma de combate à LGBTfobia e ao machismo e no respeito à pluralidade de gêneros. “TAPA”, que significa “Tenha Amor Para Amar”, vê no amor ao próximo o caminho para o olhar empático sobre o outro.

Confira a lista de selecionadxs:

Concurso Fotográfico Estética do Invisível

 

Arte urbana, fotografia e diversidade expostas em lambe-lambes. Essas são as bases para criar a “Estética do Invisível”, concurso e exposição de fotografias sobre as temáticas de gênero e diversidade sexual. Ao todo serão escolhidas 15 fotografias, com classificação etária livre, para compor a exposição que acontecerá no Parque Madureira, durante a Mostra Corpos Visíveis, e também em lambe-lambes, nos quatro cantos da cidade do Rio. O concurso é aberto a pessoas residentes em todo o território nacional e cada participante poderá enviar até 3 fotografias, a serem escolhidas no total ou em parte pela comissão julgadora.

 

Ao inscrever suas fotografias neste concurso, os candidatos aceitam as cláusulas e condições presentes em seu regulamento. Autorizam, ainda, o uso e a exposição da(s) fotografia(s) enviada(s) ao concurso. 

 

Feira TAPA

 

ColetivA de livre expressão de afetos

A DELAS é uma coletivA de produção cultural e cinema que acredita no protagonismo da mulher como ferramenta de empoderamento e transformação social.

Nasce do encontro de três mulheres com experiências e conhecimentos diversos, que se potencializam por meio das redes de colaboração e realizações artísticas que produzem. Seu trabalho está intrinsecamente ligado a questões sociais, de gênero e respeito às diversidades.

https://karinadeabreu.wixsite.com/coletivadelas

 

A Fabriqueta é um coletivo formado por artistas mobilizados pela pesquisa e criação cênica e audiovisual. Presta serviços nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

http://www.fabriqueta.art.br/

 
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon

© 2018 Corpos Visíveis

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now